O setor automotivo europeu continua inovando.

selo ecologico

O setor automotivo europeu continua inovando, visando o meio ambiente e bem estar da população está sendo implantado imposto que reduz a entrada de carros de segunda linha e diminuiu a emissão de gases poluentes.

Os condutores europeus terão um novo imposto, e será ainda maior à medida que o automóvel poluir mais. O novo imposto para os carros e motos será aplicado a todos os proprietários de veículos, independentemente de terem pago ou não o selo ambiental ou qualquer outro imposto automóvel, e será calculado de acordo com o grau de poluição do automóvel.

Com essa medida as autoridades visam  desencorajar a compra de carros importados usados.  O estado ainda não começou a implantação do selo ambiental,  um imposto ilegalmente declarado pelas autoridades européia, mas é aquele que todos os proprietários de automóveis devem pagar anualmente.

As autoridades prepararam o terreno para a introdução deste novo imposto automóvel nos últimos meses, do qual pretendem angariar fundos no orçamento, alegando que as cidades estão cheias de carros usados ​​que poluem.

O novo imposto automóvel será aplicado a todos os proprietários de veículos, independentemente de terem pago ou não o selo ambiental ou qualquer outro imposto automóvel, e será calculado de acordo com o grau de poluição do automóvel.

selo ecologico
selo ecologico

“Os carros altamente poluentes, vão pagar um imposto anual de 200 euros e a classe Euro 5 ou 6 euros, 50 euros”.

Se no ano passado a idade média dos carros importados ultrapassou 8 anos, este ano supera 12 anos, segundo as autoridades fiscalizadoras. Dos 4 carros que são verificados no Registro de Carros europeus, um é rejeitado devido a condições técnicas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *